Magazine do Xeque-Mate

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Contra a barbárie, um alerta para nossos dias Bob Fernandes









Temer traiu Dilma. Temer, enquanto traia, jurava lealdade. Espetáculo público secundado por manifestações, aplausos, ou indiferença de grande parte da plateia.
Plateia que agora assiste Rodrigo Maia dizer que aprendeu "lealdade em casa". Isso enquanto a máquina de manchetes o empurra para a presidência.
Temer foi delatado. Maia foi delatado pelo menos três vezes. Centenas já delataram centenas. Com uma lição: pegue e leve, depois delate, escape da prisão e mantenha o patrimônio.
A Polícia Federal deixou a Lava Jato. A procuradoria deixou de lado os "superfaturamentos na Lava Jato", informa a Folha.
À exceção da sede pelo alvo principal, cresce a sensação de "estancamento da sangria". Aumenta o desalento e, por consequência, espaço para o que há de pior. 
Vi centenas de páginas no facebook, nas redes sociais. Nos perfis, verdadeiros ou falsos, a mais perfeita tradução do fascismo. 
Material para estudo sócio-antropológico. Para psicanálise. E para órgãos de defesa do Estado. 
Armas e tiros, fotos de si mesmos e seus músculos. Imagens de agressões, de humilhações.
Nos comentários, palavrões, ameaças, e bravatas. Ódio. É a estética, a linguagem do fascismo.
Não apenas acreditam. Berram, sem perceber a vergonha, que Mussolini e Hitler foram ditaduras "de esquerda". 
Não sabem que Moreira Franco se dizia maoísta. Que Aloysio Nunes passou pela ALN de Marighella. Que Heráclito Fortes está no partido... socialista.
Não sabem que o nacional-socialismo de Hitler foi a ultra direita. 
Estes, mas não apenas eles, são ferozes defensores da Escola sem Partido. Explique-se: querem uma escola à altura, à imagem e semelhança do que são.
A editora portuguesa Gradiva lançou há pouco o livro "Contra a barbárie, um alerta para nossos dias". Num dos textos está dito:
-Um dos domínios em que se "intervém" com particular brutalidade é o da "educação da juventude". 
Esse texto trata do fechamento de escolas acusadas de serem "esquerdistas". Das acusações e perseguições, no começo contra universidades, artistas, jornalistas, escritores.... 
Escrito por Klaus Mann, nos anos 30, o livro trata da ascensão de Adolf Hitler.





 Conheça meu trabalho em http://xeque-mate-noticias.blogspot.com.br/2015/09/vistaessacamisa-pela-democracia-e.html

Meu trabalho é voluntário e para que ele continue dependo dos meus comp@s colaboradores para isso.Qualquer ajuda, mesmo R$5,00 que pode ser depositado pela lotérica, tem um grande valor para minha alimentação e moradia e para que eu continue nesta luta pela democracia e justiça social, Lutando dia e noite contra os ataques dessa mídia irresponsável e golpista. Quem quiser fazer parte de minha luta, pode fazer isso com deposito mesmo na Lotérica, de QUALQUER valor Para Marcelo Bancalero Conta CAIXA ECONÔMICA ag. 2196 Operação 023 c / c 00004488-3 CPF 125.120.428-71 Criei uma parceria com a Magazine Luíza e criei a loja virtual Magazine do Xeque-Mate . Agradeço desde já https://www.magazinevoce.com.br/magazinedoxequemate/ PS: A loja virtual é um teste que estou fazendo, nem sei direito como cai funcionar, não deixe de ser um colaborador do blog com suas doações

License Creatve Crommons

Postagens populares

Arquivo do blog

SHARE THIS

Anuncios

Anuncios
Custo Benefício Garantido